Os segredos da endometriose e como tratar

colicagrande

A endometriose traz cólicas fortes, diarréia, dificuldade para engravidar e dores na relação sexual: são os principais sintomas.

É no período menstrual que a cólica vem muito forte, mas vão embora logo em seguida e acabamos confundido com cólicas menstruais normais.

A descoberta da endometriose  as vezes só acontece quando as mulheres querem engravidar e não conseguem.

O útero
O útero, tem um tecido chamado endométrio que, todo mês, aumenta de tamanho na expectativa de receber um óvulo fecundado. Quando não ocorre a gravidez, ele é eliminado na menstruação. Podendo tomar um caminho errado e se instalar em vários locais do abdômen. Ele aumenta e diminui de tamanho todo mês, causando muita dor.

Leia Também  Semente de Sucupira – Benefícios

O Por que ?
A mulher começou a menstruar mais cedo e a entrar na menopausa mais tarde. E com uso continuo de remédio para evitar a maternidade ela pode vir a incomodar mais. A exposição mais longa à ação do hormônio estrógeno, o grande causador da endometriose.

A fertilidade
Mulheres que sofrem de endometriose não conseguem engravidar por causa da aderência entre os órgãos assim dificultando a fecundação do óvulo.

O tratamento
A cura para a endometriose ainda não foi descoberta.  Ela pode ser controlada. Existem casos, que a interrupção da menstruação com uso de pílulas anticoncepcionais pode fazer a doença regredir. O médico uma menopausa antecipada, que interrompe a produção de estrógeno também pode ser uma solução.

A cirurgia
No caso de operação sugerido pelo médico pode eliminar de vez o problema isso ocorre para casos mais graves, eliminando totalmente o tecido. As mulheres voltam a ter uma vida normal.

Leia Também  Dicas para montar uma farmácia de primeiros socorros em casa

Atenção
Caso você apresente algum sintoma de endometriose procure um médico para que possa encontrar o melhor tratamento.
Com ela controlada você poderá até engravidar.
Mantenha sua saúde em dia.

1 comentário em “Os segredos da endometriose e como tratar”

Deixe uma pergunta ou sugestão abaixo!